Disseram prima...vera?
Dizem que chegou, que traz flores, passarinhos e bom tempo. É a prima, a Vera!




Ou será a primavera?!

                                     



Entretanto chegou também o dia de homenagear quem nos deu a vida: a nossa MÃE. E para isso, claro, não podia faltar a lembrança e um cartão para levar uma mensagem carinhosa.
Acham que elas gostaram do presente?



































Consciencialização sobre o Autismo nas escolas do agrupamento

Em abril assinala-se o dia de consciencialização do autismo. Assim, iniciámos o terceiro período com atividades na sede, onde foi inaugurado um belíssimo mural, conforme noticiámos no post anterior, e nas várias escolas do 1º ciclo do agrupamento para promover essa consciencialização junto dos alunos mais novos. A partir de sons e vídeos sobre o autismo, os alunos discutiram esta temática e construíram cartazes que retratam a diversidade que faz parte de todos nós.











      
Comemoração do Dia Mundial da Consciencialização do Autismo
O Projeto “UIVO”, um complemento do “Projeto Matilha”, pretende contribuir através da arte para a inclusão social. Com uma vertente educacional, este projeto alerta para questões relacionadas com os animais e com os cidadãos com necessidades especiais. O mote deste trabalho é o Sortudo da APPC, um cão diferente, que faz o paralelo entre os animais e os humanos diferentes. Este trabalho está a ser realizado através da desconstrução e reinterpretação visual do conto em seis murais de arte urbana pintados pelo Projeto Matilha. Está a ser elaborado um roteiro de Arte Urbana que envolve um percurso através das seis pinturas no concelho de Leiria. O nosso Agrupamento faz parte deste roteiro, com o trabalho realizado pelo artista Ricardo Romero, na parede da Unidade de Ensino Estruturado, onde estão representados os amigos da menina. Este trabalho foi realizado no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, que se comemorou no passado dia 2 de abril. Esta atividade foi concluída com a elaboração de uma oficina onde os alunos do Pré escolar e do 1º Ciclo tiveram a oportunidade de conhecer a história e de fazer algumas pinturas com spray na parede da UEE.


Desconstrução e reinterpretação visual do conto “Sortudo”, em seis intervenções artísticas, por Ricardo Romero | Projecto Matilha

1ª Intervenção artística - pode ser vista na sede do Agrupamento de Escolas de Marrazes - e nela está representado o momento do encontro, aqui, entre uma menina (com bom coração) [Mariana, filha do artista] e uma cadelinha (dos outros tão diferente) [Scout, uma cadela resgatada pela fotógrafa alemã Elke Vogelsang] 


2ª Intervenção artística - pode ser vista na Escola Básica da Quinta do Alçada - e nela está representado o preciso momento em que a cadelinha (dos outros tão diferente) é adotada pela menina (com bom coração)
ª Intervenção artística - pode ser vista na Escola Básica da Quinta do Alçada - e nela está representado o preciso momento em que a cadelinha (dos outros tão diferente) é adotada pela menina (com bom coração)


3ª Intervenção artística - pode ser vista na Unidade de Ensino Estruturado para o Apoio de crianças e jovens com Perturbações do Espetro do Autismo, do Agrupamento de Escola de Colmeias - nela estão representados os amiguinhos da menina (com bom coração): o Trovão e a cadelinha (dos outros tão diferente). Esta intervenção contou com a participação de alunos da UEE, do Pré-escolar e 1º Ciclo da Escola sede.




 Aqui ficam mais algumas imagens deste dia especial.



Uma semana final bem preenchida

A última semana do segundo período foi cheia de comemorações e manteve-nos ocupados com as várias surpresas que preparámos.
Para homenagear os pais no seu dia, fizemos um presente e um cartão com uma mensagem especial! E que alegria na hora da surpresa!



Claro que não podia faltar a plantação no Dia da Árvore, por isso cumprimos a tradição.






E para terminar em beleza, decorámos a nossa sala a preceito para a Páscoa e ainda fizemos uma "galinha-cesto" para o ovinho de chocolate a que tivemos direito. Bem que merecemos esta recompensa depois de uma semana tão preenchida! Uma boa Páscoa!






A diversão andou por aqui!

Inspirados pelo frio do inverno mas também a pensar na festa que se estava a aproximar, temos feito lindos trabalhos na nossa sala. Andámos tão ocupados que o Carnaval chegou sorrateiro e surpreendeu-nos com uma visita especial. Vejam lá se adivinham quem veio à nossa sala...




E ainda participámos no Eco Desfile. É muita animação!


    

                                




E o espírito natalício continua...

Hoje foi dia de fazer a lembrança de Natal para os nosso meninos. E, como bónus, houve filhós!! Ficam as fotos, que foi o que sobrou! 








Todos diferentes, corações iguais!

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, no dia 5 de dezembro, os alunos do 1º, 3º e 4º anos da escola do 1º CEB da EBI de Colmeias juntaram-se na Biblioteca e refletiram sobre as dificuldades e as limitações das pessoas com deficiência, deixando registada uma mensagem “de coração” para todas as pessoas com deficiência.

A reflexão começou na Biblioteca com a exploração da história “Um detetive em cadeira de rodas” e do filme “O presente”. Depois de terem refletido sobre as histórias e de terem verbalizado as suas emoções, deixaram registadas, num coração de cartolina, as suas mensagens. Estas ficaram expostas na Biblioteca para que possam ser partilhadas com toda a comunidade escolar.

Os alunos concluíram que somos todos diferentes, mas que todos temos corações iguais, fazendo jus à frase escolhida este ano letivo, para a comemoração deste dia.
Todos ficaram de coração cheio e mais sensibilizados perante esta temática!





Ao longo da semana de 4 a 7 de dezembro, nas diversas escolas do 1º ciclo do agrupamento decorreram atividades semelhantes, dinamizadas pelas docentes de educação especial do departamento, em colaboração com os professores titulares das turmas envolvidas. Após a exploração do filme a que assistiram (Cordas), os alunos registaram as suas mensagens alusivas ao dia e à atitude a ter em relação à diferença. Os seus trabalhos juntaram-se aos dos colegas da sede, na biblioteca. Foram momentos muito importantes de reflexão sobre a inclusão, em que os alunos se envolveram com interesse.


Imagens da atividade nas EB1 do Agrupamento